Os 3 motivos para você começar imediatamente a controlar suas finanças

Até o meio do ano passado se você me perguntasse “Quanto você tem de dinheiro e quanto você pode gastar até o fim do mês?” minha resposta seria “Pouco”.

Hoje em dia, felizmente as coisas estão diferentes. Agora a resposta é: “Pouco, mas eu sei exatamente quão pouco”.

Apesar de parecer que isso não significa muito, a parte importante é que mesmo ganhando mais ou menos a mesma coisa que ganhava antes, eu criei o hábito de controlar minhas finanças, o que trouxe resultados sensacionais para o meu dia-a-dia.

Motivo 1: É lei
Pelo menos uma vez ao ano você precisa prestar contas ao governo sobre as movimentações financeiras suas e da sua empresa. Se você tiver disciplina para controlar as finanças, isso economizará muito tempo seu e do seu contador.

Como sei que esse motivo é pouco motivante, vamos passar logo para o próximo.

Motivo 2: Ter paz de espírito
Na teoria, para enriquecer você precisa ganhar muito e gastar pouco. Na prática, não é tão simples assim, afinal todos nós desejamos certo conforto e qualidade de vida.

Tendo um bom controle financeiro você domina o orçamento de sua empresa e fica tranquilo(a) para ter gastos não-essenciais, mas que ajudam no conforto da sua equipe.

Quanto maior seu grau de conhecimento sobre sua situação financeira, maior sua tranquilidade para tomar decisões. Sair do desespero tornará seu dia-a-dia mais produtivo, o que trará melhores resultados financeiros para empresa, que te possibilitará tomar decisões ainda melhores. E todos viverão financeiramente felizes para sempre.

Motivo 3: Definir o seu caminho
Uma empresa funciona mais ou menos assim: você faz investimentos nela (contratação de pessoas, equipamentos, publicidade, etc.) e se os investimentos forem bem feitos, você consegue um retorno maior do que o valor investido. Desse retorno, uma parte serve para fazer investimentos ainda maiores, e por aí vai.

Se você sabe onde sua empresa está, para onde ela quer ir e quais investimentos ela precisará para chegar lá, terá uma chance muito maior de traçar esse caminho do que quem está sem mapa algum.

Conclusão: Você é o resultado dos seus hábitos
Talvez você pense “Ah, mas minha empresa movimenta tão pouco dinheiro que nem vale a pena fazer todo esse controle”. Porém, muito mais importante do que a quantidade de dinheiro é o hábito de controlá-lo.

Controlar movimentações pequenas é muito mais fácil do que controlar a conta de Bill Gates, justamente por isso você precisa ganhar o hábito agora. Além disso, se você tem o hábito de gerenciar bem suas finanças, você conseguirá planejar o crescimento da conta bancária da sua empresa e fará investimentos cada vez mais inteligentes.

Por outro lado, se você não quer se dar ao trabalho de aprender sobre finanças nem contratar ninguém pra te ajudar nisso, fica o ditado popular: Quer moleza? Senta no pudim!

Em relação à ferramenta a ser usada, logicamente você pode usar o Excel. Porém, se você não dominar a arte das planilhas, ou desejar uma maior agilidade e inteligência nos seus lançamentos diários (importando seus dados diretos do extrato bancário, por exemplo), uma excelente opção é o ContaAzul.